OBRAS DE INFRAESTRUTURA E DE SANEAMENTO

– Reservatórios subterrâneos e elevados;

– Estações de tratamento de água e esgoto;

– Piscinas;

– Galerias e canais;

– Pontes e Viadutos;

 

TABULEIRO DE PONTES EM VIGAS PRÉ-MOLDADAS PROTENDIDAS

A construção de pontes e viadutos com tabuleiros de vigas pré-moldadas protendidas e lajes concretadas no local é um dos métodos mais utilizados em todo o mundo para construção de pontes com vãos de até 30-40 metros. No Brasil a prática usual é a de se utilizar vigas pré-moldadas simplesmente apoiadas sobre aparelhos de apoio, formando vãos isostáticos independentes. Esse sistema estrutural apresenta vantagens em Esta em relação ao custo de construção e manutenção, além de proporcionar obras com maior simplicidade e agilidade de execução e onde a utilização do escoramento se torna onerosa e de difícil utilização.

 

RESERVATÓRIOS CILINDRICOS PROTENDIDOS

O uso da protensão em reservatórios de concreto é bastante simples, bastando “cintar” a casca cilíndrica de concreto com armaduras ativas (cordoalhas engraxadas ou aderentes). A grande vantagem do método está no fato de se obter paredes dos reservatórios em compressão mesmo com capacidade máxima de reservação. A protensão minimiza a formação de fissuras, o que reduz drasticamente a possibilidade de ocorrência de vazamentos e rupturas. Contribui também para o aumento da durabilidade, minimizando a possibilidade de corrosão de armaduras, principalmente em indústrias, onde as estruturas estão em contato com agentes bastante agressivos.